-->

Páginas

domingo, 18 de abril de 2010

CANTOR COSME - "DE TRAFICANTE A EVANGELIZADOR"

CANTOR COSME CHEGA À CIDADE DE BREVES PARA O SHOW CATÓLICO "JUB-LUZ"

Com motivo dos 23 anos de caminhada do grupo JUB (Juventude Unida Brevense) e como ato para dar graças a Deus, os jovens convidaram ao cantor COSME para realizar um show em nossa cidade. Ele, aproveitando que tinha outro show na capital, aceitou o convite e muitas pessoas tiveram a sorte de assistir a esta grande catequese que “JOSÉ” repassa cada vez que canta.

Por isso é bom saber um pouco mais de nosso irmão José COSME de Oliveira, exemplo vivo, milagre atual no que Deus manifesta, de novo, seu amor de Pai para com todas suas criaturas.

Cosme nasceu o dia 20 de Agosto de 1960. De família muito pobre. Seu pai alcoólatra e sua mãe emigrante do interior de Rio de Janeiro para a capital.
Cosme tem 12 irmãos, ele é o 7º. A fome era amiga fiel de esta família e também os maus tratos do pai com sua mãe e com seus irmãos.
Tentando esquecer a realidade cruel em casa e a fome, Cosme se inicia nas drogas. Ao principio só maconha, mais tarde também cocaína. Para pagar o vicio vira traficante e é chamado de “Caveirinha”. Dirige o trafico nas favelas de Parada de Lucas, Vigário geral e Divinéia. Ajudou a formar o conhecido grupo “Comando Vermelho” e assim participou em mortes, tiroteios, furtos, abusos sexuais... Nos conta que faturavam R$ 30.000,00 por mês e que tinha carros, motos e algumas casas.
Aos 19 anos aconteceu um fato que marcou a vida de nosso irmão: fugindo da policia se jogou num esgoto e seus colegas o deixaram para trás. Lá passou sete horas e quase morreu afogado na porcaria. Sem dúvida Deus estava já avisando do que poderia acontecer se continuava por esse caminho.
Os avisos de Deus não pararam por aí. Um pouco mais tarde ficou sem lar devido a um deslizamento de terra. Sua mãe salvou a todos seus irmãos, mas ficaram na rua. A paróquia Nossa Senhora da Gloria acolheu e ajudou a eles. Deus estava entrando devagar na vida de Cosme.

Os problemas não pararam por aí. A mãe, abandonada pelo marido, tinha que dar de comer a seus doze filhos. A única saída, a prostituição. Trabalhava num local chamado “Pisa na barata”, vendia seu corpo para comprar pão para seus filhos.
Aos 20 anos, Cosme participa num encontro na paróquia e 1980 foi o ano da conversão de Cosme. Já convertido, entrou na cadeia, condenado a uma pena de oito anos. Por bom comportamento saiu quando tinha cumprido quatro anos e três meses.
Uma vez pagas as sua dívida com a sociedade virou um autentico missionário.
O primeiro foi tirar a sua mãe da prostituição e conseguiu.
Atualmente é funcionário público, está casado com Claudia e tem dois filhos: Filipe e Mariana. Já gravou três Cd´s e este ano de 2010 sairá um DVD chamado “A explosão da pipoca”.


Cosme usa o que ganha com a realização de shows em um projeto chamado “Restaurando Vidas” em favelas do Rio de Janeiro, ajudando pessoas envolvidas com drogas a se recuperarem.

Agradecemos a Deus por ter olhado com tanto amor para nosso irmão Cosme e por ter tido a sorte e conhecer pessoalmente um de seus milagres.
Que Deus continue Abençoando tua vida e a de tua família.

(Redação: Frei Manoel Santana-OAR)